• Decrease
  • Increase

História – 1955

 

Em 1955, com a aposentadoria do Professor Fracassi, os cargos são assumidos pelo Professor Ángel R. Suárez, discípulo dos Mestres Ara e Fracassi. Recebeu ensinamentos de ambos, dominando as técnicas dos preparados e enriquecendo o acervo anatômico.
Graças à sua preocupação, conseguiu a construção de um novo edifício, em terreno contíguo e ao norte do Hospital Nacional de Clínicas, vizinho do Rio Primero (Suquía).

O novo edifício do Instituto Anatômico de Córdoba foi inaugurado em 1962, com instalações adequadas para o Museu Pedro Ara e para a Cátedra de Anatomia Normal. O crescimento do número de preparados continuou e alcançou o nível máximo em 1972, ano em que alcançou 1100 preparados em exposição.

Ainda jovem, o Professor Ángel R. Suárez faleceu em 1969, sucedendo-o na direção do Instituto e do Museu os Professores Román E. Jiménez (1969), Pedro E. Olivares (1970) e Oscar Antonio (1971).

O Professor Olivares reassumiu a direção em 1971, após realização de concurso, e exerceu suas funções no cargo até 1987.

 

> História – 1877

> História – 1892

> História – 1925

> História – 1987

> Atualidade

© 2012 Museu Anatômico Pedro Ara | FCM | UNC. Todos os direitos reservados.
Desenho e Desenvolvimento: Hacé Click Design

Hit Counter provided by iphone 5